Estágio de Docência

Estágio de docência

O Estágio de docência, obrigatório aos bolsistas CAPES do nível de doutorado e facultativo aos demais alunos.
O aluno precisa se matricular no estágio docência. Ao concluir o estágio, o pós-graduando deve elaborar um relatório das atividades realizadas e apresentar ao orientador. O orientador deve apresentar ao Colegiado seu parecer sobre o conjunto das atividades realizadas pelo pós-graduando, atribuindo nota e conceito. Após aprovado em reunião de Colegiado, o conceito será inserido no histórico escolar do aluno.

As normas para o estágio de docência foram fixadas pelo REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL – DS , Anexo à Portaria Nº 52, de 26 setembro de 2002, que apresenta os OBJETIVOS DO PROGRAMA E CRITÉRIOS PARA CONCESÃO DE BOLSAS

Para acesso à página de Formulários clique aqui e procure os documentos “Requerimento Estágio de Docência” e “Relatório Final de Estágio de Docência”.

 

Normas de Estágio docência
Art. 1. O Estágio de Docência é uma atividade curricular para estudantes de Pós-Graduação stricto sensu que se apresenta como disciplina optativa “Estágio de docência”, sendo definida como a participação de aluno de Pós-Graduação em atividades de ensino na educação básica e na educação superior na UFSC.
§ 1°. Serão consideradas atividades de ensino:
a) ministrar aulas teóricas e práticas sob supervisão do professor;
b) participar em avaliação parcial de conteúdos programáticos, teóricos e práticos;
c) aplicar métodos ou técnicas pedagógicas tais como estudo dirigido, seminários, etc.
§ 2°. O aluno em Estágio docência não poderá, em nenhum caso, assumir a totalidade das atividades de ensino que integralizam a disciplina em que atuar.
§ 3°. É de responsabilidade do orientador solicitar matrícula para o orientando, a qual deverá ser acompanhada de um plano detalhado de trabalho para o aluno de Pós-graduação, elaborado em conjunto com o professor responsável pela disciplina e com anuência do Chefe de Departamento responsável pela oferta da referida disciplina e do Coordenador do Curso de Graduação e/ou do Diretor do Colégio de Aplicação da UFSC quando se tratar da educação básica.
§ 4°. O estágio de docência é uma atividade optativa para todos os pós-graduandos sendo obrigatória aos doutorandos bolsistas da CAPES conforme orientação da referida agência .
§ 5°. Poderão atuar simultaneamente em uma disciplina mais de um aluno do Programa
§ 6°. Caberá ao orientador, em conjunto com o professor responsável pela disciplina e coordenador do curso de graduação, avaliar o estagiário, promovendo o melhor desempenho do mesmo.

Art. 2. Compete ao Colegiado do Curso de Pós-graduação aprovar o relatório apresentado pelo aluno ao final do Estágio e estabelecer caso a caso o número de créditos desta disciplina até o limite de quatro (4) por semestre considerando:
a) as características da disciplina;
b) o plano de trabalho de cada aluno que solicitar matrícula em “Estágio de docência”
c) tema de pesquisa e a área de atuação do aluno no Programa de Pós-graduação
d) o parecer do professor da disciplina.

Art. 3. Os alunos de curso de Mestrado poderão totalizar até 4 (quatro) créditos e os de cursos de doutorado até 8 (oito) créditos nesta disciplina, por meio de matriculas sucessivas, para efeito de integralização curricular.
§ 1°. Deverão constar no histórico escolar do aluno de pós-graduação, as seguintes informações relativas à disciplina “Estágio de docência”: nome da disciplina, número de créditos, curso e fase em que a disciplina foi ministrada e ano/semestre.
§ 2°. Por se tratar de atividade curricular, a participação de alunos do Programa no “Estágio de Docência” não cria vínculo empregatício e nem será remunerada.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com